sábado , 22 julho 2017
Home / Notícias Mundo / Em Cracóvia, o Papa Francisco oferece 3 conselhos para um matrimônio feliz

Em Cracóvia, o Papa Francisco oferece 3 conselhos para um matrimônio feliz

FranciscoBalcon_280716CRACÓVIA, 28 Jul. 16 / 07:10 pm (ACI).- Antes de recolher-se para sua segunda noite em Cracóvia, o Papa Francisco voltou a saudar os fiéis que o esperavam na frente do balcão do Arcebispado de Cracóvia e deu aos jovens três conselhos para cuidar e proteger o matrimônio.

O Papa explicou que quem se casa o faz porque tem a “coragem” de fazê-lo e animou os que já estão casados há mais tempo, os recém casados e os que ainda se preparam para o matrimônio, a considerar diariamente três “palavras”: Com licença, obrigado e perdão.

A seguir a íntegra das palavras do Santo Padre em espanhol:

Dizem-me que há muitos de vocês que entendem o espanhol, assim vou falar em espanhol. Também me dizem que hoje há um bom grupo aqui nesta praça de recém casados e esposos jovens.

Eu quando encontro alguém que se casa, um jovem que se casa, uma moça que se casa, digo-lhes que são corajosos porque não é fácil formar uma família, não é fácil comprometer a vida para sempre, é preciso ter coragem e os felicito porque vocês têm coragem.

Às vezes me perguntam como fazer para que a família vá sempre adiante e supere as dificuldades. Eu lhes sugiro que pratique sempre três palavras, três palavras que expressam três atitudes: três palavras que os podem ajudar a viver a vida do matrimônio porque na vida do matrimônio há dificuldades.

O matrimônio é algo tão lindo, tão formoso, que temos que cuidá-lo porque é para sempre e as três palavras para isso são: com licença, obrigado e perdão.

1.- Com licença: Sempre perguntar ao cônjuge, a mulher ao marido e o marido à mulher: O que você acha, parece-lhe bem que façamos isto? Com licença… Nunca atropelar….

2- Segunda palavra: ser agradecidos. Quantas vezes o marido tem que dizer à mulher, obrigado; e quantas vezes a esposa têm que dizer ao marido, obrigado. Agradecer-se mutuamente porque o sacramento do matrimônio confere os esposos um ao outro. E esta relação sacramental se mantém com este sentimento de gratidão… Obrigado…

3.- A terceira palavra é perdão: É uma palavra muito difícil de pronunciar. No matrimônio sempre, ou o marido ou a mulher sempre têm algum erro. Saber reconhecê-lo e pedir desculpas, pedir perdão, faz muito bem.

Há jovens famílias, recém casados, muitos que já estão casados, outros estão por casar-se. Recordem estas três palavras que ajudarão tanto à vida matrimonial: Com licença, obrigado, perdão. Repitamos juntos: Com licença, obrigado, perdão. Mais forte, todos: Com licença, obrigado, perdão.

Bom, tudo isto é muito lindo, é muito lindo dizê-lo na vida matrimonial, mas sempre há na vida matrimonial problemas ou discussões. É habitual e acontece que o marido e a esposa discutem, elevem a voz, briguem.

E que às vezes voem os pratos (risadas), mas não se assustem quando acontece isto, dou-lhes um conselho, nunca terminem o dia sem fazer as pazes

E sabem por que? Porque a guerra fria ao dia seguinte é muito perigosa. ‘E como tenho que fazer Padre, para fazer a paz?’ Pode perguntar algum de vocês. Não precisa um discurso, basta um gesto (O Papa se toca a cara duas vezes e o repete), e se acabou, já parece a paz. Quando há amor um gesto ajeita tudo.

Convido-os antes de receber a bênção, a rezar por todas as famílias aqui presentes, pelos recém casados, pelos casados há mais tempo e que conhecem tudo isto que lhes disse, e pelos que vão se casar.

Rezemos juntos uma Ave Maria, cada um em sua língua.

Abençoe-vos o Deus onipotente, Pai, Filho e Espírito Santo. E rezem por mim, de verdade rezem por mim.

Boa noite e bom repouso!

Powered by keepvid themefull earn money