Notícias DiocesanasNotícias em Destaque

Ereção canônica da Quase-Paróquia Nossa Senhora da Soledade, em Argolo.

Aconteceu no dia 21 de maio, após tríduo celebrativo, a Santa Missa presidida por Dom Jailton de Oliveira Lino, e concelebração por diversos padres da Diocese de Teixeira de Freita/ Caravelas, que marcou a ereção canônica da Quase-Paróquia Nossa Senhora da Soledade, em Argolo.

A ereção canônica da quase-paróquia Nossa Senhora da Soledade, em Argolo, é um marco significativo na vida religiosa da comunidade local e de toda a Diocese, pois estabelece uma nova estrutura eclesiástica sob a orientação do Bispo diocesano de Teixeira de Freitas. Durante a celebração, Dom Jailton não apenas ressaltou a importância das paróquias e quase-paróquias, mas também compartilhou profundos ensinamentos sobre sua relevância espiritual na vivência da fé para aquela porção do Povo de Deus presente em Argolo.

Em suas palavras, citando o Código de Direito Canônico, Dom Jailton abordou o fim a que se destina uma paróquia, destacando sempre com o objetivo de melhor atender às necessidades pastorais do povo de Deus. Assim, as paróquias e quase-paróquias não são apenas entidades administrativas, mas sim lugares de encontro e acolhimento para os fiéis, onde podem fortalecer sua devoção e compartilhar experiências de fé. Essas estruturas eclesiásticas, conforme estabelecido pelo Código de Direito Canônico, são fundamentais para a pastoral da Igreja, servindo como local para que o peregrino do Céu receba o necessário para levar à bom termo sua caminhada rumo ao céu. Uma Paróquia e uma casa, um centro de evangelização, local da experiência com o Cristo ressuscitado.

O provisionado padre Gerfeson, vigário da Paróquia São Benedito, em atenção à Quase-Paróquia Nossa Senhora da Soledade, ao final da Santa Missa discursou em agradecimento aos presentes, reforçando o belo propósito de um sacerdote diante dos seus fiéis: o maior objetivo de um padre é a salvação da alma de cada fiel e nisso, ele não se permite frustar, disse.

Dom Jailton, ao instituir a quase-paróquia Nossa Senhora da Soledade em Argolo, reafirma o compromisso da Igreja em adaptar-se às realidades locais e estar presente nas diversas comunidades, acompanhando e direcionando os fiéis em seu caminho de fé e doação.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo