Home / Notícias em Destaque / Inclusão da Ideologia de Gênero no PME de Teixeira de Freitas

Inclusão da Ideologia de Gênero no PME de Teixeira de Freitas

No dia 12 de junho ocorreu na Câmara Municipal de Teixeira de Freitas uma reunião com líderes religiosos e da sociedade civil, dentre eles o Bispo Diocesano Dom Carlos Alberto, para discutir o Plano Municipal de Educação (PME).

A votação de tal documento tem gerado muitas discussões pois existe a proposta da inclusão da ideologia de gênero no mesmo. Resumidamente, a ideologia de gênero afirma que a sexualidade de um indivíduo não depende do seu órgão sexual, mas sim da orientação que recebe ao longo de sua formação. Ou seja, a pessoa pode “escolher” ser homem ou mulher independente do seu corpo. Caso seja aprovada, a proposta obriga que professores da rede municipal de ensino passem a tratar e educar as crianças segundo esta nova concepção de sexualidade.

Obviamente esta é uma ideia contrária aos ensinamentos Cristãos, por isso, a presença dos líderes religiosos na reunião.

Fizemos contato no dia 14 de junho com o Vereador Edinaldo Rezende (PT), presidente da Comissão dos Direitos Humanos, e participante da comissão de construção do Plano Municipal de Educação, e este afirmou à nossa redação que os parágrafos que incluíam a ideologia de gênero foram totalmente retirados do texto. Segundo o vereador, o texto reformulado, que não inclui a ideologia de gênero, será votado no dia 16, terça-feira, na câmara municipal de Teixeira de Freitas.

Mesmo assim, a Igreja recomenda que todos os católicos pressionem seus representantes políticos para que entendam que este tipo de proposta não é de interesse da maioria da população. O Brasil ainda é um país predominantemente Cristão, porém vemos cada vez mais políticas que vão contra nossas tradições e valores. Portanto, os políticos eleitos pelos católicos precisam atuar no cumprimento da vontade dos seus eleitores.

Por: PASCOM Diocesana